quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Produtor Musical


fotos: @leone__sena

Cd cristão geralmente não tem muito orçamento, os estilos ainda são bem limitados em alguns sentidos por conta das exigências de algumas denominações e, quase sempre não tem produtor. Pasmem, mas é muito verdade. O que temos são muitos arranjadores que acabam por assumir a responsabilidade da produção, muitas vezes pela falta do mesmo e geralmente, são nessas condições que muitos produtores surgem. O bom é que muitos arranjadores, músicos e até mesmo cantores, se mostram capazes para o ofício, cheios de talento e sensibilidade, mesmo o produtor tendo muito mais responsabilidade numa gravação, o que exige segurança, acima de tudo.

Embora o mercado de música cristã tenha evoluído ao longo dos anos, alguns estilos ainda não são viáveis dentro das igrejas, o que me deixa de cara! Mas o que é um produtor musical, afinal?

"Na indústria musical, um produtor musical ou produtor discográfico é o termo que designa uma pessoa responsável por completar uma gravação master para que esteja pronta para o lançamento. Eles controlam as sessões de gravação, treinam e guiam os músicos e cantores e fazem a supervisão do processo de mixagem.

Na primeira metade do século XX, o papel do produtor musical lembrava aquele do produtor cinematográfico, em que o produtor musical supervisionava as sessões de gravação, pagava os técnicos, músicos e os responsáveis pelo arranjo das músicas, e algumas vezes até escolhia material para o artista. Pela decada de 60, os produtores musicais pegaram um papel mais direto no processo musical, incluindo criar arranjos, cuidar da engenharia da gravação e até mesmo escrever o material. Através de tudo isso, os produtores têm tido uma forte influência, não apenas em carreiras individuais, mas no curso da música popular.

Hoje em dia, com a diminuiçao dos custos de material, aumento dos interessados na area e com o grande aumento de marcas, modelos e tipos de material, ha cada vez mais home studios e produtores caseiros, sendo uma das contribuiçoes para a crise economica musical do nosso século.

Muitos artistas tornaram-se produtores musicais sozinhos, e o contrário também já ocorreu: produtores virarem os artistas."

fonte: wikipedia

Com esse termo definido, sabemos que muitos arranjadores também produzem, claro. As vezes até tocam e cantam, mas temos pouquíssimos produtores assim no meio gospel, conto nos dedos da minha mão (@pcbaruk é um exemplo de ótimo produtor!). E como temos poucos, as pessoas estão sempre gravando com os mesmos produtores e acabamos tendo muitos cds iguais, com a cara do produtor. Claro que no meio secular isso também acontece, mas no meio gospel é muito comum que a identidade artística do disco seja de quem tá assinando a produção, e não do cantor, de fato.

Produzir parece fácil, mas exige organização, conhecimento musical profundo, bom gosto, precisa saber liderar. Não dispensa formação acadêmica e tem vezes que não é o bom gosto que conta, mas qual objetivo tem o cd, e o produtor precisa estar por dentro do mercado fonográfico, das tendências em cada nicho musical. As vezes é um grupo de louvor, então tem que ter linguagem "X". Ou é pro congresso anual de Camburiú, com músicas pentecostais, já com linguagem "Y". Ou é um quarteto, cantor pop, banda de rock, etc. Pena que no Brasil, o leque de dinheiro, de estilo, de disposição artística, de produtores, ainda é muito pequeno. Ainda entra a questão de ser pecado em algumas igrejas, fazer música com bateria ou fazer arranjos mais modernos. Oremos, irmãos, rs...

Pra você que está pensando em gravar, para começar, as perguntas necessárias a se fazer são: Porque quero gravar um cd e com qual objetivo? O que espero alcançar? Tenho talento/chamado para isso? Qual produtor combina mais com meu estilo? Tenho orçamento pra que seja um cd bem produzido?

Existem mais perguntas, que dependem mais da noção de quem quer trilhar esse caminho, de gravações e cantorias pelo mundo afora. A vocês, desejo toda noção que alguém pode ter nesse sentido! Sério! Porque você pode até gravar porque acha legal, mas não vai pensando que é fácil fazer coisa boa, não pense que é fácil a vida de cantor gospel. Além de todas essas questões, a responsabilidade espiritual é muito grande. As pessoas esperam muito de você e te cobram, mesmo!

D-s abençoe nossos projetos e que vivamos dentro da vontade dEle. Desejo muitas gravações maravilhosas pra D-s, pra que as pessoas possam conhecer esse D-s perfeito com coisas lindas feitas para o louvor dEle!

Nosso Criador merece o melhor.

11 comentários:

Diogo disse...

Dani, seu cd será uma benção para nós!

guilherme augusto disse...

Falando nisso, quem tá produzindo o cd da Dani??

marcelfreire disse...

Ótimo post, Dani! Que Deus nos abençoe!

Dri disse...

Infelizmente é uma realidade no Brasil...temos poucos "bons" produtores.
E o que se vê por ai são cópias, de cópias e quando aparece algo novo como o Cd da Laura e como será o seu (tenho certeza) eu sou a 1ª da fila pra comprar!!
Admiro o talento do @pcbaruk, ele é um produtor e tanto! Tá sendo o seu produtor também?
Beijokinhas Dani, que Cristo continue a brilhar por meio de ti.

lmmc disse...

verdade, verdade!...

e amém!

Suelen Benassi disse...

Não é criticando,nasci adventista e é nessa denominação que eu me sinto em casa,mas apesar da qualidade,ainda acho a musica um tanto quanto alienada em relação a restrição de ritmos e instrumentos,principalmente em cidades como a minha:Hortolândia.Acredito que a Dani tem o mesmo pensamento,afinal,o que importa é que ela traga para música adventista toda essa unção e sensibilidade musical que ela possui. Aguardo ansiosamente esse CD,que D-s nos conceda logo a honra de ouvi-lo

Stéfani Satiro disse...

Gostei, deu o seu recado no tempo certo.

maeli disse...

Puxa, é uma enorme prazer deixar um comentário no seu blog...espero que fique registrado para sempre.
Que como Jabez, que por Deus foi abeçoado muitissimo e manteve o foco no Senhor, da mesma sorte de bençãos sua vida seja impactada! Que o Senhor venha te abençoar muitissimo espiritualmente, nos sentimentos, na profissão...

Muito obrigada por se dedicar a Deus, sua vida tem sida um canal de benção na minha vida! uma inspiração musical...valeu!!!!!!

Luiz disse...

"Ainda entra a questão de ser pecado em algumas igrejas, fazer música com bateria ou fazer arranjos mais modernos. Oremos, irmãos, rs..."
Precisamos mesmo! Talvez seria legal você escrever um pouco sobre o uso da Bateria na Igreja (Adventista).
Tô adorando seu Blog!!
Virei fã!!
Rsrs

Lyllo disse...

Dani voc esta comberta de razão ...
hoje em dia temos tantos CD's iguais kkk'
Por isso ñ vejo a hora do seu sair ^^
És abençoada !!!

Ricardo Lima disse...

Por isso mesmo vou fazer faculd e Audiovisual! kkk' Fuvest que me aguarde esse ano, seguir o meu sonho e fazer a diferença pra o mundo. :)