terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Deus é meu Juiz.



... E continua a discussão.

Eu fico pensando. Nem sei por onde começar...

Vivo sendo questionada e questionando as pessoas, querendo saber como é que elas servem a D-us, como elas provam seu amor a Ele. Na verdade, nunca gostei de dar moral pra placa de igreja. Parece que os títulos assustam mais do que qualquer coisa! Eu sei que é necessário que você congregue, é saudável, que não tem como você partilhar de uma fé com outros sem comungar com eles. Foi assim que Cristo nos instruiu. O problema é que cada um crê de uma maneira, nunca será igual. Cada mente, um universo... Nossas crenças que determinam de qual igreja pertencemos só são parecidas em alguns pontos básicos. É que não existe igreja perfeita, mas eu acredito que existe uma igreja que está mais perto da verdade. Uma igreja que prega a palavra de D-us sem tirar e nem por. Por isso a gente não se cansa de procurar, mas também nem sempre abrimos mão das nossas próprias verdades, mesmo que tentemos.

Eu sou cristã. Creio na bíblia, creio em um D-us imutável. Creio que Ele enviou seu filho pra morrer por nós numa cruz, e que esse filho ressussitou no terceiro dia vencendo a morte e está intercedendo por nós. Creio que a palavra de D-us é uma só, que seus mandamentos são válidos até hoje contrariando toda a razão, creio no shabat, creio que sua graça nos alcança todos os dias porque somos pecadores. Creio em D-us. No D-us criador de todas as coisas. Creio em sua misericórdia. Sou membro de uma igreja hoje que sua missão é pregar a volta de Cristo. Mas não condeno as outras e nunca condenarei. Deus é meu Juiz. É nosso Juiz. E estamos todos numa mesma caminhada. Ninguém é dono da verdade. Mas podemos procurá-la, ela é bem acessível. E eu continuo procurando, porque essa busca não tem fim. Só terá fim quando Jesus voltar ou quando ele quiser me levar.

Sabe... Cristo não veio separar, e sim unir... e as pessoas usam placas de igreja para esse fim. É injusto com D-us.

Estamos numa crise mundial. Estamos numa crise de amor pelas almas, amor a si mesmo, amor ao próximo. Pra que tanta discussão? Isso tudo está sendo em vão! D-us tem uma maneira especial de tratar com cada pessoa, porque nós somos diferentes. Não podemos generalizar a maneira como D-us trabalha. É muito preconceito, muito nariz empinado a toa.

Vejo que algumas pessoas vivem caçando as falhas dos líderes de louvor, pastores, pais, falhas em todas as igrejas, conselheiros, pra se justificarem, ou pra alimentar alguma revolta, pra simplesmente apontar o dedo, mas aonde elas querem chegar com isso? Gostaria de saber. Isso não muda nada na vida delas. Ou melhor, elas perdem um tempo precioso e vão piorando cada vez mais. Sabe o que mudaria? Se elas tivessem consciência de que quem tá lá em cima não é melhor que ninguém, elas seriam pessoas mais felizes, mais realizadas. E quem escolhe quem tá lá em cima é D-us. OU Ele pelo menos permite. Tem gente que até tem consciência de tudo isso, mas gostam de ter consciência só por ter. Porque ná prática, se sentem melhores porque sabem dessas coisas.

Eu já me decepcionei muito, mas porque esperava muito das pessoas. E daí que eu comecei a olhar pra mim mesma e continuei me decepcionando, mas aprendi... que não devo esperar perfeição de ninguém vendo que eu não sou nada perfeita. Então eu comecei a olhar pro alto. E isso me constrangeu, e constrange até hoje, e cada vez mais. Porque é cada vez mais difícil se desprender de mim mesma e me focar no meu criador.

Precisamos nos preocupar c0m nossas próprias vidas espirituais, e não das pessoas que estão tentando ajudar a outras. Podemos ter exemplo, mas consciêntes de que são exemplos de seres humanos. HUMANOS. Se você pode ajudar alguém em alguma coisa, não significa que você não precise de ajuda, certo? Todos temos nossas falhas e fraquezas, mas acredito que estamos buscando a mesma pessoa : D-us.

Não julgue. Não cabe a você e nem a mim julgar quem está certo ou errado. Estude a bíblia, busque a D-us, se desprenda desse tradicionalismo que não te vale nada, e procure ter um relacionamento pessoal com D-us. Se você tem um ministério, desenvolva-o. Faça o seu melhor, não tenha medo. Não deixe que suas falhas atrapalhe sua vida com D-us. Se você se acha fraco, saiba que o poder de D-us se aperfeiçoa na sua fraqueza. Não se conforme com este mundo, que D-us te dará poder para vencer o mal. Basta você querer... basta eu querer.

D-us é meu Juiz. É nosso Juiz.

D-us.



16 comentários:

Laís Bueno disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Laís Bueno disse...

olá!

descobri seu blog casualmente - um link no blog de um amigo.
me identifiquei com algumas coisas no "quasar" - seu gosto musical, filmes... mas hoje, pela primeira vez, li um de seus posts por completo e me identifiquei também com a forma como vc lida com os assuntos "religião" e "cristianismo".

vivo me forçando a olhar mais para o meu próprio 'umbigo', parar de cobrar tanto os outros, pois quando o faço, parece que eles, ou eu mesma quando por me importar com esses outros, faço-me fraca, incapaz de continuar!

acho incrível o quão mais fácil é se afastar de Deus e de nossos próprios princípios (palavra forte e rica de significância!) do que nos aproximarmos Dele quando nosso parâmetro ou o foco de nossa atenção é o outro.
vejo que as igrejas hoje, ou ao menos a minha (adv.) estão em crise, sobretudo, os jovens, e que esse “julgar” é fortemente culpado disso!

é interessante conversar sobre isso, e infelizmente não tenho mais me encontrado entre meus amigos, de mesma religião, por isso é ótimo ler, "ouvir", discutir com outros, com alguém que também reflete nisso!

bem... vou parar por aqui, pois acho que o assunto daria uma longa continuidade à sua reflexão. é isso. continuarei a visitá-la!

Abs,
Laís Bueno
http://emdialogo.blogspot.com

giselle disse...

ai, está aí.
tenho descoberto que minha maior dificuldade em ter uma vida espiritual mais plena estáno fato de olhar mais pra mim e pros outros do que pra Deus. fico julgando situações e atitudes minhas. é preciso foco... e certo!

(gosto do blog, tem um tempinho já)

Bruno disse...

paz Dani!

Descobri seu blog casualmente..fuçando na internet..rs... Gostaria de dizer que adoro a maneira como vc escreve... É lindo! Além disso..me inspira muito tudo isso. Copiei uma de suas frases e coloquei no meu orkut com citação, claro!
Admiro d+ o seu trabalho e aguardo ancioso pelo seu cd!

Abraço,

Bruno Alves

... disse...

Isso é intimidade, isso é conhecer a Deus!

Debora disse...

É engraçado como nos identificamos (ou não) com pessoas que nem conhecemos. Entrei "por a caso" em seu blog e tive grande afinidade. Suas palavras são claras e objetivas. Gosto da maneira como expressa suas idéias e as imagens que são retratadas. Você tem muito bom gosto !

Lendo este texto "Deus é meu Juiz"... é difícil não deixar que as lágrimas caiam pelos meus olhos. Me sinto muitas vezes julgando coisas e principalmente pessoas que não me diz respeito. Esqueço-me que elas são como eu, cheias de falhas...por que exirgir algo delas se não sou perfeita? Não faz sentido...
Esquecemos de olhar para o Alto, para Deus.

Sei que seu texto não foi escrito para atacar nem julgar ninguém. É uma mensagem muito profunda para não se sentir tocada. Foi o que me senti, tocada não pelo o qe pensa, mas pelo Deus que você e eu acreditamos.
Realmente, olhar para o Céu, não é uma tarefa fácil !

Um beijo,
Débora

Hudson de Jesus disse...

Muita boa a sua colocação, Daniela.
Ainda me considero um novo convertido, e estou passando por uma fase parecida com a que vc viveu e seus conselhos são muito preciosos. Tenho me instruído pela Bíblia, pois como está (ou está) não posso deixar que continue. Tanta coisa sendo apontada, criticada, legalismo, exageros, e o mais importante, é deixado de lado...enfim, precisamos olhar pro alto, sempre e cada vez mais.
Fica na paz!!! Um grande abraço!

Lanna Medeiros disse...

Bela colocação Dani, também não sou a favor de julgar os outros e ligar para placa de igreja, pois a verdade que salva é a palavra de Deus, o que está escrito em seus ensinos. Mas a sua religião é Adventista do 7º Dia?

Lanna Medeiros disse...

Dani, amo suas musicas, sua voz é um dom de Deus mesmo.
Sua colocação foi perfeita.
Mas qual é a sua religião? Adventista do 7º dia?

Lucas Francisco disse...

É verdade Dani, tenho isso mente há muito tempo. Tenho 17 anos, faço Direito, sou cantor (pela graça e misericórdia dEle), amo meu Deus acima de tudo, e não vivo sem ele. Apesar de ser da Assembléia, vejo a igreja como uma instituição, um meio de se chegar a Deus. Porém nós somos a verdadeira Igreja, tanta gente no mundo precisando ouvir a voz de Deus, e os crentes preocupado em julgar uns aos outros. Vamos fazer parte de uma nova geração. A geração eleita, não para julgar, e sim para mudar os conceitos e as ideologias. Sejamos verdadeiros filhos de Deus!

Mila A. Souza disse...

Dani lamentavelmente as coisas as vezes sao assim , mas claro nao podemos nos conformar!!A difenca comeca ao nos ajudar-mos..
Esse post me lembra muito a letra de "Guia-me".. Realmente a igreja veim passando por uma onda de egocentrismo chegando em casos mais criticos a ser "cada um por si e todos por nenhum", mas temos que intender que apesar das advergencias internas e denominacionais temos o dever de nos proteger das ciladas que o inimigo nos prepara .. Nos defender como "O corpo de Cristo" como "irmaos" pois aqueles que muitas vezes criticam e criticam, denominacoes sem nem mesmo conhecerem a Cristo, esses querem apenas ter desculpas para as suas falhas pessoas no seu relacionamento com Deus em quanto outros esperam enfraqecer a fe, e o evanjelho.. mas ai fica a pergunta como devemos nos posicionar: - Devemos julga-los?? -Devemos ajuda-los a por culpa em denominacoes??
-Defender-mos so a nossa denominacao?? Ou sera que nao e melhor deixarmos de julgar oque n nos compete e cumprirmos o mandamento de amarmos uns aos outros ..idependente de tudo, acho que essa e a melhor escolha : amar sobre tudo a Deus e aos irmaos -lembrando que nao somos obrigados a concordar em tudo, mas o respeito em amor e essencial ^^ Desejo a todos uma bela vida ao lado de Cristo o/ e a paz dele =)

Luana Miranda disse...

Nossa como amo o trabalho da Dani ( intima eu rs), mas conheci atraves de um amigo da igreja, e hoje tirei a manha para ler seus posts, seus poemas , e versos, e tudo sobre essa verdadeira serva de Deus.
Passando por algumas frustações em ministerio mas tenho uam certeza jamais deixarei de louvar a esse Deus cantando, lendo, falando do amor DELE, limpando a igreja , de uma forma quero trabalhar para o SENHOR.
Esse posta é bem antigo mas quando Deus inspirou Dani para escrever sabia que nesse dia , nessa hora eu Luana estaria lendo e identificando o que estou passando.
DEUS é muito grande, seu amor é REAL, o Espirito Santo consolador.
Enfim Dani seu dom de escrever foi dado por DEUS , continue assim, e um dia terei a oportunidade lhe dar um abraço continuarei sempre ouvindo voce, e louvando nas igrejas pois tenho espelhado em voce que canta com alma;
Ouvindo De DEUS
Luana Miranda

Equipe ChP disse...

De fato, muito do que foi escrito aqui é de uma verdade e seriedade que a muito não lia.
Sempre tive em mente e no coração o perigo de olhar para o homem ao invés de focar meus olhos somente no Senhor. Mas depois de tanto estar dentro de uma determinada igreja, comecei a ver toda a mesquinharia, hipocrisia e falsidade em que eu estava vivendo, comigo mesmo e com as outras pessoas. Sem ao menos perceber só via os defeitos, as falhas, as mentiras, as fofocas, o desprezo e a forma como as pessoas levavam seus ministérios, pra mim, aquela congregação já não fazia mais sentido. Apesar de amar muitas pessoas que lá ficaram, vejo que hoje minha relação com Deus está além dos dogmas estipulados por uma determinada Igreja (placa), sinto que se o alvo não for Cristo, eu morto para esse mundo, não importa o que eu siga ou onde caminhe, eu nunca vou me encontrar. Fico triste por não fazer algo para mudar a situação daquela igreja. Mas feliz de ter encontrado um novo lugar onde aprendo a viver mais genuinamente perto de Jesus! Mas não há por que julgar, se somos todos réus e só o Senhor nosso Deus é Juiz!

Na ContraMão FM disse...

Amem, vc tem toda razão. Deus é soberano e não tem placa, a gente é que complica tudo. Que Deus continue sempre a abençoar o seu ministério.

O Senhor seja louvado sempre.

Leila disse...

Agente passa por tantas decepções e vê que tudo é passageiro, é ilusão, que o verdadeiro é sua comunhão com Deus! Já tive um tempo também que esperava muito das pessoas, da minha igreja e foi a pior época da minha vida , me identifiquei com suas palavras nesse post e vejo que muitas pessoas passam ou estão passando por esse sentimento. Mas a melhor coisa a fazer é estar segura do que acredita e seguir em frente, sem olhar pro lado ou pra trás. Beijos , Deus te abençõe sempre!!!

Amanda Lissa disse...

Olá Dani.... gostaria de dizer que gosto muito do seu trabalho e te admiro muito. Cresci ouvindo Leonardo Gonçalves e fiquei muito feliz ao te conhecer também. Eu tenho estado muito triste mesmo ao ler alguns comentários a respeito de seu trabalho e me sinto muito envergonhada pois sou adventista também...não sinto vergonha por ser adventista pois estou caminhando na direção que Deus me deu, mas me envergonho pela falta de amor e cristianismo real exposto nesses comentários. Eu não tenho influência e nem sou importante, porém senti a necessidade de te pedir desculpas... ninguém possui a incumbência de julgar ninguém.. quem somos nós....esses julgamentos não vêm de Deus e o motivo real deles é abalar seu ministério... não permita que isso aconteça.... gosto muito do seu trabalho e torço por você..... beijos