sábado, 23 de fevereiro de 2008

Mutação.


mutação
do Lat. mutatione
s. f.,
alteração espontânea na estrutura do gene, durante a duplicação cromossomática;
mudança;
alteração e substituição;
reviravolta;
volubilidade;
mudança de cenário, nos teatros.





Eu sou uma pessoa confusa. Eu nunca penso e encerro meus pensamentos. Eles sempre voltam a tona. Nunca concluídos, mas sempre sentidos intensamente como a minha própria existência. Eu vivo todos eles. Mas não gosto disso.

Tenho dificuldade em encarar a vida tal qual como ela é. Ou talvez eu não goste do que ela se tornou. Não digo da minha vida em particular, digo do que se resume vida no mundo...
Eu não aceito muitas coisas que não posso mudar, mas as vezes preciso me conformar, o que me faz triste. Eu não posso mudar que sou tão cheia de defeitos, não posso mudar que não sou ou nunca serei o que eu gostaria de ser. To falando de caráter, personalidade... e a gente, na maioria das vezes, quer ser o que não é e nunca será. Parece que o inalcançável é um sofrimento atraente para nós nos martirizarmos pra sempre em nossa incapacidade de ser. Sou uma pessoa tão insegura, e tão emotiva, que eu não consigo entender aqueles que são seguros de si e racionais. Me parece tão errado não ser como eu sou, sendo que são defeitos... isso não é engraçado?

Antes, quando eu tinha um momento de angústia ou melancolia, eu ficava mais triste por estar triste... e mais triste ainda por ter de aceitar que eu nunca poderia compartilhar esse momento com alguém que pudesse entender, pelo menos um pouco... até porque muitas vezes, nossos motivos não significam nada para os outros. Era como se não fosse suficiente o fato de D-s saber o que estava se passando na minha cabeça. Como aceitar que o ser humano sempre será solitário em seus pensamentos? Por mais que isso não seja dificuldade para alguns, pra mim sempre foi.
Como não se lembrar dos erros sem ficar triste? Por mais que a gente tenha se arrependido, e tenha convicção de que D-s nos perdoou. Como não pensar que o tempo está passando depressa e que ele não volta sem ficar ansiosa? E ainda tem muuuuito o que viver, muito o que lutar... e eu... que nem comecei e muitas vezes me sinto cansada porque sei o que me espera, e cumprir uma missão exige tudo de você. Cumprir uma missão muitas vezes dá o direito
às pessoas ao seu redor achar que podem exigir e tirar tudo de você. Talvez seja por isso que as vezes me sinto tão cansada, antes mesmo de entrar pra guerra, de fato.

E quando o que você fazia e que era super legal não é mais tão legal assim? Não digo brincadeira de criança, rs, estou falando das coisas que supostamente te faziam bem, e que você gostava.

Eu virei uma pessoa chata. Escandalosa, insegura, frágil, não consigo encarar os problemas de frente (acho que isso é ser covarde), não me assumo socialmente, sou cínica (demais!), sarcástica (mais ainda!!!), nada nunca está bom (afinal...quem eu penso que eu sou?!), tenho muito medo de falar tudo o que eu penso (covarde de novo), as vezes me sinto incapaz de cantar minhas próprias músicas, sou egocêntrica, tensa, agitada, maliciosa e tantas coisas! Não gosto do que me tornei.

Mas sabe? Eu ainda assim me encontro em D-s. Porque eu sei... que todos esses pensamentos... é simplesmente consequência da minha busca.
Acho que me conformei. Não com meus defeitos. Mas com o fato de que sou um ser humano. Um ser humano em busca de D-s em tudo o que se pode ser, e em tudo o que se faz.
Mas esse pensamento ainda vai voltar... mutante.
...


(conclusão: zero) .



4 comentários:

Feeling disse...

...Me encontrei ....Não estas so rs

|Ëlorah|--A Ti Jesus tudo entregarei! disse...

bem...talvez vc esteja num nível um pouco mais avançado que o meu...rs...este é o próximo passo que pretendo dar...
as coisas q me deixavam confiantes de mim mesma ja não existem mais...e então percebo dia após dia que o que sou hoje, não é, como imaginei q seria, resultado da maturidade + experiências...e sim uma consequencia incalculada, como eu tivesse dormido um dia, e acordado...e "qm sou eu?!"...
...mas isso, hoje...me deixa feliz pq..qnt mais defeitos encontro em mim, qnt mais falhas, qnt mais vou ao fundo d mim mesma sem encontrar algum traço admirável...Deus vem e me "fala", está quase pronta p ser usada por mim...
Pq, em mim não há nada q Ele possa aproveitar. E assim, qnt mais desprezivel me julgar diante dEle, mais dEle será derramado em mim. Pois, nos enganamos qnd vemos uma pessoa e dizemos "esta tem a graça do Senhor" na verdade, o q não percebemos é q não há mais nada dakela pessoa...e simplesmente a Graça d Deus é manifesta através dela...
e o Senhor tm me levado a buscar isso nEle; não quero um dia poder dizer d mim "sou humilde" pois a minha carne jamais será humilde, e o dia q eu pensar ser, será falsa humildade. Não há humilde como o Senhor Jesus...
este é o reconhecer diário, é o mertificar diário da minha carne, é o diminuir a mim pra que só assim Ele será manifesto através da minha vida APESAR DE MIM. Eu jamais poderei contribuir para Deus a menos que eu não exista mais...e sim como Paulo, Cristo viva em mim...e então, já não preciso me preocupar com o quão falha sou, o qnt me decepciono comigo mesma, pq qualquer ato digno será proviniente dEle que vive em mim...e td d bom q puder fluir d mim, será dEle e a Glória será para Ele. se quero q toda a Glória, todo o poder, toda graça, toda perfeição de Deus flua através de mim a mim cabe o morrer...

"Assim também vós, depois de haverdes feito quanto vos foi ordenado, dizei: Somos servos inúteis, porque fizemos apenas o que devíamos fazer."

Paz linda!!uma semana abençoada!!
Bjs

(ficou grande isso ...rs...me empolguei...pod apagar se quiser..rs)

Giovanna disse...

claro que eu não vou comentar isso aqui...
O papo será melhor pessoalmente...
mas eu digo uma coisa, descanse em Deus. Isso é o que Ele faz muito bem, cuidar de nós.
É uma fase de transição, mutação mesmo...

W!LL Sant's disse...

A intendo PERFEITAMENTE